De acordo com o site do G1, em 2016 o Brasil fechou com um estoque de mais de 244 (duzentos e quarenta e quatro mil) mil patentes e 422 mil (quatrocentos e vinte e dois mil) marcas, isto significa que a dificuldade de criação de empresas cresce não só no Brasil, mas o mundo, é compreensível que o destaque de determinada marca entre 422 mil (quatrocentos e vinte e dois mil) parece ser impossível, visto o grande crescimento deste mercado, levando em consideração que o mau uso da tecnologia pode desfavorecer as marcas existentes, vê-se a obrigação em criar estratégias de marketing para o destaque social, dentre elas a mais importante, a identidade visual.

As imagens criam espaços psicológicos capazes de induzir gostos, ações, preferencias e interpretações diversas e estritamente individuais, e por este motivo, é fácil constatar a necessidade da devida criação de uma marca junto a uma identidade visual, para que diversos consumidores sejam conquistados, independentes de seus gostos, dessa maneira o conhecimento por terceiros da existência de sua empresa.

Mas afinal, o que é marca? Pense na marca como um símbolo, uma doutrina, uma religião, pense nela como uma estandarte, algo que diferencie sua marca de outras presentes no mercado e que de a visibilidade dentre os consumidores que você precisa, para isso, a mesma deve ser de fácil visualização, utilização e universal.

Após a determinação da marca, vê-se a indispensabilidade da criação da identidade visual, que por sua vez, representa a personalidade e formaliza a ideia o produto, o nome e o serviço prestado, conquanto, de forma rasa, a identidade visual é a representação principal da personalidade consistente na instituição criada.

Agora, acerca da importância da identidade visual, nas palavras de Gilberto Luiz Teixeira Leite Strunck: “hoje, se uma empresa não tem uma boa imagem, não causa uma boa impressão a primeira vista e isso com certeza irão refletir no seu crescimento e na sua valorização no mercado”, isto é, a identidade visual de uma empresa influência de modo integral na valorização social de uma empresa, como também na valoração do mercado que a mesma está inserida, sendo possível afirmar que talvez esta seja mais importante que a sua presença física.

Logo, a identidade visual está presente em todas as criações da empresa, seja em folders, produtos, uniformes de funcionários, cartões de visita, anúncios virtuais, outdoors e qualquer outro meio de propagar o marketing, cabendo destacar a inclusão do atendimento ao público, que pode estar caracterizado de acordo com a personalidade da empresa.

Visto a importância da identidade visual da marca, para a criação da mesma o requisito necessário é a persistência, uma vez que esta tarefa demanda muito tempo e pesquisa de campo no seu desenvolvimento, ademais a lucidez na escolha também é de suma importância.

O processo desta criação é baseado em “marketing, pesquisa de mercado, imaginação, linguagens visuais, estudo de cores, tipografia, formas” e dentre outros elementos que são usados para não só chamar a atenção do consumidor, mas fazer com que este sinta a necessidade em obter seu produto, seja uma TV por assinatura em uma casa onde ninguém tem tempo para assistir, seja na parada de Fast Food por simples hábitos e outros.

Ademais para a criação desta identidade é de suma importância conhecer a alma da sua empresa, sendo, portanto o conhecimento de sua missão e objetivo em transmitir a imagem, bem como toda a sua atividade delimitada em poucas palavras e outros conhecimentos gerais, inclusive, ao realizar a criação da identidade é importante verificar a quantidade poluição visual, excesso de informações na imagem ou frase e outros, como já relatado no presente artigo, o ideal é o uso de elementos estritos e uniformizados para não ocorrer o cansaço da leitura ou até mesmo a perda da identidade buscada.

Ressalta-se que a estandarte a ser criada não necessariamente deve ser de acordo com a atividade desenvolvida, um grande exemplo seria o símbolo da Apple, sendo a própria maça, no entanto, sua atividade não consiste na produção de alimentos e semelhantes, mas sim, no desenvolvimento de hardware e software de computador, além de eletrônicos de consumo.

Para melhor visualizarmos a importante visual, junto à empresa já citada, cabe destacar que a revista estadunidense de negócios e economia conhecida como Forbes, declarou que no ranking anual com mais de 100 (cem) marcas valiosas do mundo, o destaque pela nona vez no topo do ranking foi Apple.

De forma conclusiva podemos perceber o quão é importante para uma empresa possuir um bom planejamento em sua identidade visual, podendo crer que na falta da mesma, a empresa não possui personalidade, conhecimento social e provavelmente não conseguiu alcançar seus objetivos primários.

FONTE: Brainstorm Comunicação